quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

FINAL DE ANO: MAIS UM OU MENOS UM?



Amor, vem vê-las
Tá tão bonita nossa plantação de estrelas...

Aproximamo-nos do final do ano. Mais um, ou menos um? A resposta é pessoal, não é? Mais sensíveis nessa época, ficamos olhando para trás e analisando o que fizemos e o que deixamos de fazer; como estamos vivendo; como deveria ou deverá ser. Alguns acham que o ano passou arrastado, ainda mais com tantos problemas socioeconômicos, políticos e ambientais. Outros nem percebem que passou. Há ainda os que querem esquecê-lo, torcendo para que o próximo seja melhor. O que quero é que o tempo passe mais lentamente, está rápido demais! Notei isso depois dos trinta. Não está me dando tempo para praticar o ócio, que é o que mais gosto de fazer. E depois descansar, é claro! De preferência debaixo de alguma plantação de estrelas.
Olhando pelo meu retrovisor sempre me pergunto o que é que eu fiz de bom ou de significante no ano que finda. Acho que dividiram o tempo só para que pudéssemos ter o momento de parar pra pensar, planejar, recomeçar. Refletindo sobre isso me lembrei de uma música que comecei a fazer no final dos anos oitenta sobre esse tema e está inacabada até hoje. Preciso terminá-la. Como é possível ter uma música inconclusa há mais de trinta anos? É possível sim, o tempo está voando e várias  coisas e sonhos vão ficando pelo caminho.
Sempre me perguntam como é o meu processo criativo, como faço as canções. O que vem primeiro: a letra ou a melodia? Depende: Há canções que são como pássaros que você, em sintonia e harmonia com a natureza, com o criador, as atrai. Sem perceber o pássaro vem e pousa na sua cabeça trazendo letra e melodia juntas. Isto quando você realmente está em sintonia. Quando não está, não vem nada! Quando está meio desligado o pássaro traz só uma parte, o resto é com você. Já me aconteceu algumas vezes assim. “Plantação de estrelas” é uma dessas. Há outras músicas que demandam muito trabalho e suor para ficarem prontas. Destas não gosto muito, fica faltando feeling.
Por falar em música, finalmente ficou pronto o nosso CD “Plantação de Estrelas”. Está na fábrica. Vai ser disponibilizado para venda física e para as plataformas digitais a partir do dia 05 de Janeiro. Já estamos aceitando encomendas.
Foi um verdadeiro parto fazer esta “plantação”, mas muito prazerosa! Nove meses de intenso trabalho e muita ansiedade. Valeu a pena cada madrugada que passamos sem dormir elaborando arranjos e gravando as doze faixas que o compõe.
2015 para mim foi um ano de plantio. Suspendi a correria e resolvi plantar novos sonhos. Fiz este CD e criei muita expectativa para 2016. Espero que vocês adquiram para ajudar a esse pobre escriba e cantador e que gostem. Espalho as sementes aos bons ventos para que germinem e que possamos colher juntos bons frutos amanhã. Que assim seja para todos e que você tenha um Natal e um Novo Ano cheio de saúde com muitas realizações. Mantenha a esperança, o equilíbrio, a sensibilidade e nunca deixe de sonhar e de correr atrás de seus objetivos. Boas festas e muita paz!
Com um abraço


Pedro Antônio

Pedro Antônio: Acabou-se o que era doce

ACABOU-SE O QUE ERA DOCE

Duas tragédias! Mariana e Paris. Assassinatos em ambas. Vários inocentes mortos.  Lá, a operação é de guerra. Aqui, vale uma multinha da qual ainda se poderá recorrer. Lamentável! Acabou-se o que era doce, acabou-se o que era rio! Acabou-se a vida do Rio doce. Cortaram seu curso, seu fio! Rio doce tão lindamente cantado pelo nosso poeta conterrâneo Zé Geraldo.
Qual foi a maior das tragédias não importa. Para qual das duas a imprensa deu mais ênfase também é irrelevante. Que foram duas tragédias previamente anunciadas que poderiam ter sido evitadas, isto sim. O Estado Islâmico vinha mandando sinais de que a França seria o alvo. Por aqui a mãe natureza, não é de hoje, manda seu recado de que a intervenção humana no meio ambiente só gera caos. A intolerância às diferenças e a ganância do homem pelo acúmulo de capital atingiram níveis máximos de saturação aqui, lá e em qualquer lugar do mundo. Isto é só o início do fim. Vem ai dias piores! Só temos uma válvula de escape para mudar o futuro do planeta que são nossas crianças, (Se conseguíssemos educá-las de maneira diferente, sem toda essa inversão de valores morais por materiais que fizemos até agora). Falta educação e começa a sobrar ostentação. Só as ensinamos a levar vantagem em tudo, certo? Perdemos o jogo. Aliás, a humanidade está perdida. Antes tínhamos medo de que a TV educasse nossos filhos. Hoje lhes compramos um smartfone e deixamos que as redes sociais cumpram essa tarefa. Ali é o melhor lugar para se aprender sobre futilidades e intolerância e é por ali que o EI recruta seus soldados.
As duas ocorrências foram muito bem planejadas. A de Mariana, talvez um pouquinho mais. Afinal, matar um rio de mais de 800 kms de extensão não é tarefa para qualquer um. Demandou tempo até que se acumulasse toda a tabela periódica em um reservatório capaz de matar ao mesmo tempo, gente, peixes, aves e animais. Oh meu Rio Doce, que tristeza vê-lo pura lama e a gente ribeirinha morrendo de sede te vendo passar! Nos resta ainda um pouco de esperança de ver o Doce recuperado pelo Salgado, o nosso fotógrafo maior Sebastião Salgado, como propõe o seu projeto apresentado recentemente ao Governo Federal. Torçamos para que dê certo e que outras minas e represas não sejam negligenciadas pelo país a fora.
Lamentamos pelas mortes das pessoas inocentes em Paris e em Bento Rodrigues; Pelas aves, peixes e animais dizimados. Sejamos solidários mas não hipócritas: Colhemos sempre o que plantamos. Precisamos melhorar nossas sementes, nossos corações, nossas mentes, para que possamos fazer um plantio melhor.
Sejamos intolerantes sim, mas contra a corrupção, a violência, a omissão do poder público, contra a falta de ética e moral e, principalmente, contra a impunidade destes assassinos de lá e daqui.


Pedro Antônio

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Eleições 2016: Idosos querem mais que jovens


Eleitores de pelo menos seis cidades foram ouvidos nas últimas semanas em pesquisas de opinião organizadas pela empresa Delta Pesquisas e Assessoria. Lagoa Grande, Guarda-Mor, Vazante, Abadia dos Dourados, Guimarânia e Presidente Olegário foram os primeiros municípios a terem avaliações de seus governos municipais além de outros temas propostos.
Dos assuntos políticos a maior relevância pelos eleitores se dão aos desejo ou não de mudanças nos quadros políticos locais. Já quando o assunto é a próxima eleição divergências de opiniões se exaltam mostrando que o público amadurece a cada processo eleitoral independente se a tendência é para a inovação ou pelo tradicionalismo.
Um comportamento que chama a atenção na região é quanto à vontade de participação nos processos. Sempre é esperado uma maior atenuidade dos jovens, mas nestes estudos realizados nota-se que os mesmos parecem agir ao contrário. Diferente dos mais idosos que estão atualmente mais propensos a exercer sua cidadania, os pesquisados de menor idade mostram-se mais rebeldes e contrários a comparecerem às urnas nas próximas eleições. Questão talvez de amadurecimento político que pode acontecer até o dia das eleições ou quando do início das campanhas eleitorais no ano próximo.
Enquanto isto, outro vasto número de cidades receberam equipes da Delta Pesquisas e Assessoria nas próximas semanas. Estão incluídas 20 outras cidades do Alto Paranaíba, Noroeste de Minas e Interior de Goiás.


34 99153 4085 Celular|WhatsApp

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Homem que estava desaparecido é encontrado morto em Guarda-Mor

Um homem de 32 anos foi encontrado morto nesta terça-feira (29) na MG-188, entre Paracatu e Guarda-Mor, no Noroeste do Estado, após sofrer um acidente automobilístico. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), a vítima morava em Araguari, mas trabalhava em Paracatu e estava desaparecida há um dia. Segundo informou a PMR, a vítima costumava ligar para os familiares após chegar a Paracatu. Como o contato não foi feito na segunda-feira (28), a família lavrou um Boletim de Ocorrência por desaparecimento. Ainda de acordo com a polícia, o acidente aconteceu na segunda-feira. A vítima foi encontrada caída próxima a um buraco no acostamento. As causas do acidente não foram informadas. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legar (IML) de Paracatu.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Bandidos assaltam em fazenda de Guarda-Mor

Imagem Ilustrativa


Segundo informações do  45° Batalhão Policia Militar de Paracatu,  no sábado (12) três homens armados invadiram uma fazenda no município de Guarda-Mor e levaram um veículo da propriedade. Segundo as vítimas, eles estavam trabalhando na ordenha e por volta das 19h quando os bandidos encapuzados e armados de revólveres invadiram o local e anunciaram o assalto. Os meliantes levaram o casal e o filho para dentro da residência e os amarraram além de cobrir suas cabeças com panos. Os assaltantes deixaram o local levando documentos, chaves da casa e do Fiat/Palio Weekend, prata. As vítimas conseguiram se desamarrarem e depois fugir pelo telhado buscando socorro em uma fazenda vizinha. As vítimas disseram à polícia que os assaltantes eram altos, magros e negros e estavam portando revólveres.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Professor Orlando deve assumir pasta da Educação



Graduado em Direito e História, o ex-professor Orlando Ribeiro deve assumir a Secretaria de Educação em Vazante. Esta será a 4ª alteração na pasta que já teve à frente a ex-educadora Maria Capecci, o atual secretário de esportes Adilson Bastos e a professora Elizabeth Maria Silveira, exonerada do cargo no dia 14 de agosto.
Orlando exerceu cargo de professor de história em várias escolas de Vazante. Atualmente dedica integralmente à carreira de advogado. Como agente político é militante desde a década de 1990 quando foi candidato a vereador em 1996 pelo PTB. Atualmente é presidente do PRB, partido que compôs o grupo político que apoiou a candidatura de Dr. Jacques, candidato derrotado pelo atual prefeito José Benedito e que elegeu um vereador pela legenda, Gilnei Cabeceira.

Se confirmada, esta será a 30ª alteração no secretariado de Dr. José Benedito e Orlando deverá assumir a secretaria na segunda-feira. A mexida significa ainda a confirmação de apoio do PRB de Vazante ao governo municipal. Fontes não oficiais ainda dão conta de que poderia acontecer outra nomeação de um “republicano” na Secretaria de Obras onde pode ser nomeado vereador Gilnei Cabeceira ou do produtor rural “Toninho Miralha”.

PONTE ENTRE GLOBO E PRINCIPAL ACUSADO DA ZELOTES

A Carta Capital publicou esta semana uma reportagem em que menciona a suspeita do envolvimento do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, nos esquemas ultra-bilionários de sonegação de impostos desbaratados pela operação Zelotes.
Augusto Nardes é um dos que vem tentando usar o seu cargo no TCU para derrubar Dilma.
É ele no TCU e Gilmar Mendes no TSE.
Ambos se tornaram estrelas da mídia golpista, os novos "paladinos da ética", apesar de terem um histórico mais sujo do que pau de galinheiro.
Antes mesmo do governo se defender, antes do julgamento, Nardes apareceu na mídia falando que "vai condenar", ajudando a produzir o clima de linchamento, pré-condenação e contribuindo para a instabilidade política no país e, portanto, fazendo descaradamente o jogo da oposição.
ScreenHunter_6124 Sep. 09 14.03
Pois bem, uma das empresas mais envolvidas na Zelotes é a RBS, a mídia gaúcha sócia da Rede Globo.
O Cafezinho teve acesso a documentos sigilosos (sim, não é só a mídia que tem não. O Cafezinho também tem, de vez em quando) que mostram o seguinte.
A operação Zelotes descobriu quem era o advogado que fazia a intermediação entre a RBS sonegadora e o escritório de José Ricardo Silva, auditor aposentado da Receita Federal e, segundo a PF, um dos principais mentores do bilionário esquema de ladroagem fiscal.
Quem era o advogado?
Era Juliano Nardes, sobrinho de Augusto Nardes, o presidente do TCU.
Fechem as cortinas.
(Essa é a turma que quer derrubar Dilma?)

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Lagamar: Prefeito Zico (PMDB) pode ser candidato a reeleição


A cassação do mandato do prefeito Dr. Cássio Marra (PDT), aprovada no dia 25/08 pela Câmara Municipal de Lagamar, pode provocar uma reviravolta na situação política do município com vistas às eleições de 2016. Isto porque o seu substituto, vice-prefeito Zico Alves (PMDB), tem direito a pleitear a reeleição, conforme prevê a Lei Eleitoral.
Desta forma, algumas das articulações entabuladas até agora, como uma possível candidatura de Wilson Rodrigues (PMDB) ou o cogitado retorno do ex-prefeito Ari Batista (sem partido), terão que passar pelo crivo de novos entendimentos entre as mais expressivas correntes políticas locais.

O desfecho deste quadro, porém, ainda vai depender da sorte de Dr. Cássio, que já recorreu da decisão dos vereadores que votaram pela sua cassação e aguarda novo pronunciamento da justiça.            (Lando Lacerda)

Carlinhos do Ciça: Pra não dizer que não falei das flores

        Sem as flores e as cores de outrora, as praças e jardins de Vazante retratam visivelmente o estado vegetativo do governo do prefeito Dr. Zé. Esses logradouros públicos estão como os doentes que procuram a Farmacinha da Prefeitura ou o Hospital Municipal tentando remediar o irremediável sem medicamento e atendimento médico adequado.
         Assim como a nossa gente, as nossas flores – tão frágeis e belas - também estão sofrendo pela falta de zelo da atual administração, fadadas a desfalecer em praças descuidadas e escuras nos áridos jardins que já não embelezam a cidade.
         Se as nossas flores falassem, elas se juntariam à voz do povo para cobrar mais respeito aos seus direitos e pediriam uma irrigação com mais água e sem cobrança da taxa de esgoto, conforme foi prometido e não cumprido pelo prefeito.
         Nossas flores ainda reivindicariam mais investimentos e melhorias no social, na saúde e na educação, porque elas querem que as pessoas sejam socialmente integradas, saudáveis e educadas, para respeitá-las como obras da natureza.
         É claro que as nossas flores também pediriam para Vazante voltar a ser uma cidade limpa e bem cuidada, com praças conservadas e iluminadas, onde elas poderiam novamente florescer mais coloridas e vistosas, despertando a admiração dos vazantinos e visitantes.
         Por serem verdadeiras e desconhecerem as mentiras, nossas flores certamente cobrariam todos os compromissos de campanha do prefeito, principalmente as mirabolantes promessas de benefícios para os pequenos produtores rurais, que sempre souberam dar o devido valor as plantas.
         Como as nossas flores não falam, eu me sinto na obrigação de exalar os seus anseios pelo fim do desgoverno do Dr. Zé.  E pra não dizer que não falei das flores, segue o oportuno refrão daquela canção de protesto do Geraldo Vandré:

         “Vem, vamos embora/Que esperar não é saber/Quem sabe faz a hora/Não espera acontecer”.                      (Carlinhos do Ciça)

Vazante: Exonerações e contradições no governo de José Benedito


        A ex-secretária municipal de Educação Elizabeth Maria Silveira (Betinha) afirmou que não sabe o motivo concreto pelo qual o prefeito José Benedito a exonerou do cargo no dia 14/08.
         Em recente entrevista a imprensa local, ela disse que foi exonerada sem qualquer justificativa plausível após regressar de uma viagem a Uberlândia, onde se encontrava a serviço no exercício da sua função. “Eu não estava preparada pra isso. Foi uma surpresa desagradável.”, desabafou. 
         Na entrevista, Betinha revelou que o próprio prefeito foi à Brasília, onde ela residia e trabalhava, para lhe oferecer o cargo e convencê-la a retornar para Vazante. “Eu estava muito bem lá, mas como sou apaixonada por educação, pensei em servir a cidade onde eu nasci.”, reclamou, agradecendo ironicamente o prefeito por deixá-la desempregada.
Segundo a ex-secretária, ela fez questão de procurar pessoalmente o prefeito para saber o real motivo da sua exoneração e ele teria simplesmente alegado a necessidade de conter gastos.
         A saída de Betinha expõe algumas das contradições políticas e administrativas envolvendo as constantes exonerações promovidas pelo prefeito José Benedito, principalmente considerando sua recente filiação ao PSB, partido que teve três secretários exonerados do seu governo.
         No mesmo dia em que Betinha foi exonerada, o prefeito também exonerou a secretária municipal da Fazenda Cleuza Antônia de Souza, mas, por motivo ignorado, voltou atrás e a manteve na prefeitura.
         A própria Betinha acha que o mesmo não acontecerá com ela, mas admitiu que se o prefeito a chamasse de volta aceitaria reassumir o cargo. Ela também declarou que permanecerá na cidade “para contribuir com a política de Vazante nas próximas eleições, a começar pela mudança da cara da Câmara Municipal”, insinuando que pode ser candidata a vereadora no próximo pleito.

         Quem ouviu a entrevista da ex-secretária pode ter tido a sensação de que, em tudo neste caso, ficou o dito pelo não dito.        

Política: PT Vazante cumpre triste sina de viver apagado

TÁ DENTRO

            Após muitas especulações sobre o seu destino político, o prefeito José Benedito pulou pra dentro do PSB, partido que ele praticamente enxotou do seu governo com as exonerações de Renê Rodrigues, Cabo Augusto e Marquinhos da House Bike, que são respectivamente presidente, vice-presidente e secretário geral da legenda em Vazante. Para driblar a resistência dos que não o queriam no partido, Dr. José assinou sua filiação durante encontro regional do PSB, ocorrido no dia 17/08, em Uberlândia, com o aval dos presidentes nacional e estadual da legenda, Carlos Siqueira e Márcio Lacerda, prefeito de BH.   

TÁ FORA

            Insatisfeito com a filiação de Dr. José no PSB, o tesoureiro do partido, ex-vereador Gilson Correa, já teria solicitado sua desfiliação da legenda. Resta saber que outros membros do partido devem seguir o seu exemplo de “tá fora” de qualquer lugar que o prefeito estiver dentro. Militante ativo na campanha de Dr. José, o ex-vereador seria mais uma das muitas lideranças insatisfeitas com os rumos da atual administração.   

SEM DICO

  O DEM já tem uma nova diretoria provisória em Vazante e com a seguinte composição: vice-prefeito Jeovanine Rabelo (Presidente), Venilson Veríssimo (Vice-Presidente), Túlio Michel (Secretário), Baltazar Nazário (Tesoureiro), vereador César Ezequiel (Líder da Bancada) e Maria Heloísa Barbosa (Membro da Comissão Provisória). Sem o comando do advogado Marciano Borges, popular Dico, o partido pode manter-se à distância do prefeito José Benedito nas eleições de 2016.    

MAIS DISTANTE

            O presidente local do PPS, José Romero Gontijo, vem dando sinais de que a legenda também pretende manter-se cada vez mais distante do governo municipal nas próximas eleições. O PPS foi um importante aliado de Dr. José no pleito de 2012, mas retirou seu apoio ao prefeito após o mesmo não cumprir compromissos assumidos com o partido. Já buscando se aproximar das correntes políticas da oposição, José Romero e o ex-prefeito Alcides Diniz, um dos principais líderes da legenda no município, fizeram questão de prestigiar a convenção do PMDB, ocorrida no dia 16/08, na Câmara Municipal.

O PRÓXIMO

            Secretário de Desenvolvimento, Agricultura e Abastecimento, o ex-vereador Artur Machado, irmão do ex-prefeito Alcides Diniz, pode ser o próximo a desembarcar do governo municipal. Isto porque ele vai se filiar brevemente ao PPS para se candidatar novamente a vereador, iniciativa que deve lhe custar uma exoneração voluntária ou por decisão do próprio prefeito. 
  
SÓ FESTA

              Um grupo formado por lideranças da oposição reuniu-se na casa do ex-prefeito Dr. Jacques no sábado da Expozante (dia 22/08), antes de ir para o Parque de Exposição. Liderados pelo vice-governador Antônio Andrade, o grupo contou com o ex-prefeito Orlando Fialho, o ex-vice-prefeito Gabriel Rosa, o médico Dr. Leonardo, o presidente do Sicoob Credivaz Divino Boaventura, os empresários Tobias Rosa e Maurício Ribeiro, o advogado Roberto Ferreira e os vereadores Léo e Romildo. Quem revelou o fato jura que não se tratou de política, mas é impossível acreditar que foi um encontro só para a festa.

OUTRO LADO


               O Partido dos Trabalhadores continua cumprindo sua triste sina de viver completamente apagado no cenário político de Vazante. É uma situação lastimável para quem reelegeu a presidente Dilma Rousseff e elegeu o governador Fernando Pimentel com mais de 80% dos votos dos vazantinos, mas caminha do outro lado na política municipal.

Vazante: PMDB pronto para o consenso

PMDB de Vazante não prioriza candidato próprio para a próxima eleição
       Com a ausência do vice-governador Antônio Andrade, principal líder do partido no município e presidente estadual da legenda, o PMDB de Vazante realizou sua convenção municipal no último dia 16/08 quando foi reeleito seu presidente local, advogado Renato José Ferreira. “Nosso vice-governador estava ontem à noite em Lavras para receber um título de Cidadão Honorário e iria para Belo Horizonte na manhã de hoje para pegar um avião, mas isto não foi possível. Devido aos seus compromissos de agenda, ele infelizmente não teve como chegar a Vazante a tempo de participar da nossa convenção”, lamentou Dr. Renato na ocasião.
         Boa parte dos 542 filiados regulares do PMDB compareceu à convenção, ocorrida na Câmara Municipal, com votação das 8 às 12 horas, para eleger a chapa única da nova Diretoria Executiva e do novo Diretório Municipal da legenda, que há mais de duas décadas perdeu a hegemonia do poder em Vazante.
         De acordo com Dr. Renato, mesmo assim o partido não prioriza o lançamento de um candidato próprio para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições de 2016, embora seja essa a orientação da direção nacional para todas as suas bases no país. “Temos a responsabilidade de oferecer uma candidatura dentre vários nomes que tenham o perfil que a comunidade deseja. Por isso estaremos sempre abertos às conversações com todas as correntes políticas e até recebemos aqui, hoje, diversas lideranças de agremiações que apoiavam o governo municipal, que já conta com um elevado número de dissidentes partidários.”, ponderou.
         Para Dr. Renato, não importa que o último prefeito eleito pelo PMDB em Vazante tenha sido justamente o atual prefeito Dr. José Benedito, no pleito de 1992.
         Ele entende que, para buscar uma candidatura consistente, é preciso costurar acordos com outros partidos e ouvir a opinião dos eleitores sobre candidatos que possam convergir para um consenso. “O PMDB procura conduzir este processo de uma forma muito técnica. A gente trabalha com pesquisas para saber quais são os nomes do nosso grupo que realmente despontam, porque não faz sentido lançar qualquer candidato que não tenha projeção popular.”, avaliou Dr. Renato.
         O ex-prefeito Orlando Fialho e o médico Leonardo Cortes são tidos como os mais evidentes pré-candidatos a prefeito do PMDB local, mas, segundo seu presidente, a legenda também pode promover uma renovação em termos de candidaturas para todos os cargos eletivos. “Temos agora um grupo da juventude que assumiu o PMDB Jovem, liderado pelo Renê Júnior, que vai contribuir muito para renovar os nossos quadros de filiados.”, ressaltou ele.
         Além disso, Dr. Renato citou outros nomes do partido que estariam aptos a concorrer à próxima sucessão municipal, caso do professor Jeancarlo Rabelo e dos empresários, Ronaldo Peres, Valdemir Landin e José Ernesto.
Perguntado se ele próprio poderia ser incluído entre os prefeitáveis da legenda, o advogado declarou que essa não é a sua pretensão e disse que tem apenas a missão de conduzir o partido da melhor forma possível até as eleições de 2016. “Talvez, no futuro, a gente possa pensar nisso. Hoje, a nossa prioridade é a composição de uma chapa forte para a próxima eleição, seja encabeçada pelo próprio PMDB ou por algum dos partidos aliados.”, garantiu Dr. Renato.

                            (REDAÇÃO: LANDO LACERDA)  

Guarda-Mor: Vila já tem atendimento de ambulância


O prefeito Edgar José de Lima destinou uma ambulância para atender exclusivamente a população da Vila Santo Antônio e moradores das localidades adjacentes.
O veículo, modelo Fiat Fiorino, foi adquirido por meio de verba parlamentar do ex-deputado federal José Humberto e já se encontra a disposição integral do CODESAR (Conselho de Desenvolvimento de Santo Antônio e Região), cujo  presidente é o engenheiro agrônomo e produtor rural Marcelo Alves.
            Como a entidade não dispõe de recursos financeiros para custear os gastos com a ambulância, todas as despesas inerentes ao uso do veículo ficarão por conta da administração municipal, incluindo consumo de combustível, manutenção e motorista.
            Desta forma, o conselho atuará apenas como um elo de interlocução entre a comunidade e a Secretaria Municipal de Saúde no que se refere ao gerenciamento do transporte de pacientes, com atendimento diário de 24 horas no povoado e região. 
            A solenidade de entrega oficial da ambulância aconteceu no último dia 29/08, na abertura da 15ª Festa do Leitão, com a participação de vereadores, secretários municipais e o grande público presente ao tradicional evento daquela comunidade.

            “O Edgar estava realmente determinado a adquirir este veículo para a Vila Santo Antônio e compraria a ambulância mesmo se não tivéssemos obtido recursos de convênio,”, afirmou o secretário de Saúde, Gilmar Antônio da Silva, lembrando que a iniciativa cumpre um dos compromissos de campanha do prefeito.

JORNAL DEFATO 27 - EDIÇÃO ELETRÔNICA









segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Justiça Eleitoral remove matéria do jornal DeFato


Por determinação da Justiça Eleitoral, a matéria com o título “Vice e Versa – Uma chapa da hora” foi removida do blog do jornal DeFato, edição nº 26, de Julho de 2015.
A decisão partiu do Juiz Eleitoral da Comarca de Vazante, Dr. Bruno Henrique de Oliveira, sob alegação de que o conteúdo da matéria caracterizaria “Propaganda Eleitoral Extemporânea”, por supostamente promover a formação de uma chapa política composta pelo ex-prefeito Orlando Fialho (PMDB) e o presidente do Sicoob Credivaz Divino Boaventura, visando à sucessão municipal de 2016.
Além da remoção da matéria, o juiz também determinou o recolhimento de todos os exemplares do jornal que ainda podem circular ou circulam na cidade.     
A notificação judicial foi entregue ao Diretor do jornal DeFato Valmir Borges, na tarde da última sexta-feira, dia 14, pelo Chefe do Cartório Eleitoral da Comarca de Vazante, Antônio Henrique Pastl.

Conforme a notificação, o diretor do jornal DeFato tem prazo de 48 horas para contestar a decisão da Justiça Eleitoral.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

3° Buteco do Rotary será dia 7/8

Com o intuito de angariar fundos para gerir suas ações sociais na comunidade, como as atividades do Banco de Cadeiras de Rodas e Muletas, o Rotary Clube Vazante promove na sexta-feira, 7 de agosto, o 3° Buteco do Rotary. O evento terá música ao vivo e petiscos à vontade de 20 às 23 horas. Bebidas serão vendidas à parte. O convite individual custa 25 reais

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Zezé Perrella: acusado de corrupção

O Ministério Público de Minas entrou com ação por improbidade administrativa contra o senador Zezé Perrella (PDT) por enriquecimento ilícito e lesão ao erário de 2007 a 2010, quando era deputado estadual. A investigação da Promotoria do Patrimônio Público diz que Perrella recebeu quase R$ 1,3 milhão de verba indenizatória, mas os gastos não teriam relação com a atividade parlamentar. Segundo os promotores que assinaram a ação em maio, Perrella recebeu reembolso por atividades de cunho privado ou por serviços não comprovados. Como deputado estadual, ele tinha direito a até R$ 20 mil mensais para despesas como aluguel de imóvel ou transporte. Na época, Perrella estava no PSDB. Em 2009, migrou para o PDT, da base do então governador Aécio Neves (PSDB).

terça-feira, 7 de julho de 2015

TRE julga improcedente ação contra Pimentel

Nesta terça-feira (7), o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) julgou improcedente a ação de investigação judicial eleitoral contra o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT), o vice-governador Antônio Andrade (PMDB), o deputado estadual Durval Ângelo (PT), o diretor regional dos Correios, José Pedro de Amengol Filho, e o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira.
A ação apurava suposto abuso de poder político no episódio ocorrido em setembro de 2014 no qual um vídeo mostrava o deputado estadual Durval Ângelo (PT) declarando que os petistas dos Correios ajudaram a conseguir votos para a presidente Dilma Rousseff no estado e para o então candidato a governador, Fernando Pimentel.
A corte eleitoral considerou que não havia provas que comprovassem a denúncia. A ação foi movida pela coligação Todos Por Minas, encabeçada pelo PSDB, no dia 3 de outubro do ano passado, dois dias antes das eleições. Para o partido, os Correios foram usados para “favorecer eleitoralmente, em Minas Gerais, os candidatos ao Governo do Estado e a candidata à Presidência da República do Partido dos Trabalhadores – PT”. Os tucanos pedem a cassação de registro, declaração de inelegibilidade e aplicação de multa. 

Dr. José pode tomar as "rédeas" do PSB

Fontes seguras dão conta que Dr. José Benedito estaria a um passo de trocar novamente de partido. As informações revelam que o prefeito de Vazante, ainda filiado ao PHS, estaria migrando para o Partido Socialista Brasileiro (PSB). Caso se confirme, a mudança implica outra novidade política: a mudança da direção da sigla, presidida pelo ex-presidente da CDL Marcos Antônio Luiz.
Marquinhos da House Bike foi eleito presidente da executiva do partido em 20 de janeiro deste ano tendo ainda em sua diretoria os agentes políticos Cabo Augusto, René da REDDS, o vereador Reginaldo Alves Ferreira e o engenheiro Gilson Corrêa.
O PSB tem a maior bancada na Câmara Municipal com três vereadores: Edgar Rosa, Reginaldo Ferreira e Sebastião Guimarães e passaria a ser o partido com maior poder político representado no município. Resta saber se a atual executiva teria forças para impedir este “golpe político” que segundo as fontes, deve estar sendo motivado pelos deputados Tenente Lúcio e Lerin, do mesmo partido.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Namorado mata vazantina em Paracatu


Imagem do Facebook.

Na madrugada desta segunda-feira (06), Fernanda Gomes da Costa (38) foi morta pelo namorado José Humberto Roquete (30) em um apartamento onde moravam no condomínio Vila Rica, na idade de Paracatu.vO fato, que aconteceu por volta de 1h30 da madrugada e, foi denunciado pelo próprio autor que aguardou a polícia chegar. A motivação teria sido  uma discussão após consumo de drogas por ambos. No local a perícia constatou que a vítima foi morta com quatro golpes de faca, sendo, no ombro, no peito, no abdômen, no joelho esquerdo, além de uma escoriação na perna esquerda. O autor foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Paracatu, onde está à disposição da Justiça.
Fernanda Gomes, que já passou por várias clinicas de recuperação teria mudado para a cidade de Paracatu no final de semana para morar com o autor. 

Agência bancária é furtada em Coromandel


 Uma agência do Banco do Brasil foi furtada na madrugada deste domingo (5) no Centro de Coromandel, no Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Militar (PM), os criminosos usaram um maçarico para abrir o cofre e fugiram com cerca de R$ 939 mil. A assessoria do banco informou que não se posiciona sobre esse tipo de ocorrência. A polícia informou que os criminosos entraram pela tubulação de ar condicionado e cortaram os cabos das câmeras de segurança. Ninguém foi preso até o momento. De acordo com a PM, o crime só foi descoberto na manhã deste domingo, quando uma cliente percebeu que os caixas eletrônicos não estavam funcionando e que a porta para entrada na agência estava aberta.

domingo, 5 de julho de 2015

Lagamar: Polícia prende três suspeitos de explodirem banco

Diogo Silva Azambuja - Suspeito
Na cidade de Lagamar, um caixa eletrônico da agência bancária do Sicoob Credivaz foi alvo de criminosos na madrugada deste sábado (4). Segundo a Polícia Militar (PM), nenhuma quantia foi levada, mas três suspeitos foram presos. De acordo com a PM, os criminosos explodiram um caixa que estava em manutenção e sem cédulas e fugiram do local em carro Fiat Strada, mas se envolveram em um acidente de trânsito e dois deles, Maurício Alves Ferreira Júnior, 18 anos Clério Vagner da Silva Junior, 22 anos, ambos da cidade de Uberlândia foram presos no exato momento. O terceiro suspeito, Diogo Silva Azambuja, 21 anos (foto), que conseguiu fugir por uma mata foi preso por volta das 9h30min em uma Fazenda próximo a cidade de Lagamar na região do distrito de Alegre sentindo a Coromandel na manhã deste domingo (05). Um quarto suspeito está sendo procurado.

Fonte: Liberdadefmvz

Repercutindo: Cadê a ambulância?

Após a divulgação no Jornal de Fato pela Coluna Periscópio, do testemunho de um repórter da imprensa vazantina, que testemunhou a demora de um atendimento por falta de ambulância, a coisa parece que pirou. O radialista estaria agora sendo pressionado por pelo menos uma autoridade do setor de saúde do município. Vale lembrar que Flávio Sulva não foi procurado quando comentou o fato no rádio, mas somente agora que o assunto tomou dimensão no Jornal DeFato. Por que será?

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Orlando Fialho sobe

Após ocupar uma das diretorias da Ruralminas, o ex-prefeito de Vazante Orlando Fialho (PMDB) assumiu o cargo de Subsecretário de Desenvolvimento Rural Sustentável, depois de ser nomeado, no último dia 13 de junho, pelo governador Fernando Pimentel (PT). Sua nomeação atendeu recomendação do vice-governador Antônio Andrade (PMDB) que aposta na capacidade do ex-prefeito para contribuir com a execução de projetos do Governo de Minas voltados para o homem do campo.
Nascido e criado na roça, Orlando Fialho demonstrou a sua grande afinidade com o meio rural nos quatro anos em que esteve à frente da Prefeitura de Vazante. Ele deixou o governo municipal aclamado como um dos prefeitos que mais investiu neste setor, com importantes obras nas estradas, construção de pontes, melhoria do transporte escolar e várias ações de incentivo aos produtores rurais. 
Seu carro chefe, o Programa de Apoio a Agricultura Familiar (PROAF), era bancado com recursos municipais e contemplava gratuitamente os pequenos produtores rurais com o serviço de aração e transporte de calcário, além de adubo e semente de milho. Hoje, os pequenos produtores de Vazante reclamam que foram esquecidos pela administração municipal após o governo de Orlando Fialho.
Em seu novo cargo, o ex-prefeito de Vazante vai atuar afinado com o secretário estadual de Agricultura João Cruz Reis Filho em todas as frentes do governo para o fomento da produção e consolidação da agropecuária mineira, acompanhando diretamente os trabalhos da própria Ruralminas, IMA, EMATER, EPAMIG e outros órgãos e setores governamentais afetos a agricultura e a pecuária no estado, além de promover as relações da secretaria com as entidades representativas da classe rural.
Com a sua reconhecida vocação para o social, Orlando Fialho está entusiasmado com a possibilidade de expansão das atividades dos pequenos produtores rurais do estado na próxima safra. Isto depois que a presidenta Dilma Rousseff (PT) anunciou o Plano de Safra da Agricultura Familiar para 2015/2016, com uma previsão de crédito de R$ 28,9 bilhões. Este valor vai aumentar significativamente a disponibilidade de recursos do  PRONAF para os agricultores familiares de Minas Gerais, que chegou a quase R$ 3 bilhões na safra passada.
Sem desconsiderar a força de Minas no agronegócio, Orlando Fialho chamou a atenção para alguns dados atuais da agricultura familiar no país. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, 70% do que chega às mesas dos brasileiros provém da agricultura familiar, sendo70% do feijão, 83% da mandioca, 69% das hortaliças, 58% do leite e 51% das aves.
Ainda de acordo com os dados do mesmo ministério, existem 4,3 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar em 4.963 municípios brasileiros, o que corresponde a 84% das propriedades rurais produtivas do país. Além de responder por 74% dos empregos gerados no campo (o dobro da construção civil), a agricultura familiar também foi responsável pela venda de 20.388 tratores entre 2008 e 2014, o que representou 31% das unidades produzidas naquele período no Brasil.
Para Orlando Fialho, o novo Plano de Safra da Agricultura Familiar pode representar mais alimento na mesa do povo mineiro, com maior redução da pobreza, desenvolvimento interiorizado e a convivência solidária entre o campo e a cidade em todas as regiões do estado. “Isto sem falar que os produtos da agricultura familiar são mais saudáveis, por conta do uso reduzido de agrotóxicos”, concluiu o subsecretário.
      (Reportagem: Lando Lacerda)

Coluna do Carlos: "...cabeluda mentira?"

O mês de junho fechou – com uma tampa de caixão – os dois anos e meio de mandato do prefeito Dr. Zé. Já estamos praticamente a um ano da campanha eleitoral de 2016 e muitos dos seus fanáticos eleitores acreditam que ele ainda pode cumprir pelo menos uma das suas mirabolantes promessas de governo.
Talvez, Dr. Zé possa transformar em verdade a sua confessa e cabeluda mentira de que iria....

domingo, 21 de junho de 2015

Lagamarense é assassinado e corpo escondido

  
Acompanhando de um advogado, o jovem Rafael Silva Oliveira, 20 anos, se entregou à polícia na manhã deste sábado (20), em Presidente Olegário. Ele confessou ser o autor da morte do lagamarense Edson José Pereira, 54 anos, a golpes de faca e ainda que também escondeu o corpo às margens da MGC 354. Uma adolescente de 17 anos teria participado do crime.
Segundo o jovem, o assassinato aconteceu após a namorada e ele manterem relações sexuais com Edson José que teria se negado a pagar pelo programa que já era costumeiro entre os três. 

(Familiares de Edson contestam estas informações...)

Indignado por não ter recebido, Rafael apoderou-se de uma faca que se encontrava no interior do veículo e desferiu vários golpes contra a vítima. Edson que é da cidade de Lagamar estava desaparecido desde a quarta-feira (17). Ele foi encontrado com 4 perfurações a faca, sendo uma no pescoço e outra no tórax.

Após o homicídio, Rafael e a menor saíram na caminhonete da vítima e percorreram várias cidades da região e quando retornavam a Patos de Minas abandonaram o veículo na BR 365 próximo à localidade de Serrinha, na entrada que dá acesso ao distrito de Alagoas, quando a caminhonete teria apresentado defeito.

Fonte: http://patoshoje.com.br

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Eleições 2016: Começam as "mexidas" em Vazante


Pouco mais de um ano para o encerramento do prazo para as coligações partidárias e escolha de candidatos das eleições de 2016, começam as “mexidas” políticas nos bastidores. Algumas são guardadas com maior sigilo e outras evidenciam, claro de acordo com a estratégia adotada por cada segmento. Neste “advento” é bom observar as alterações que envolvem principalmente os agentes que exercem cargos no executivo e legislativo, ex-governantes e postulantes a cargos, assim como os que participaram nos últimos processos eleitorais.
Em Vazante há três vertentes que devem ser monitoradas no dia a dia. Sendo:
*-   Dr. José Benedito (PHS) – prefeito municipal. Muitos acreditam que o partido pode não lhe oferecer mais a sigla para que se candidate à reeleição, pois as relações entre ele e a executiva partidária foram rompidas quando da demissão do secretário de saúde Marquinhos da House Bike, irmão da atual presidenta do Partido;
--   Dr. Jacques Soares (PSD) – candidato derrotado nas últimas eleições. Filiado ao partido, não teria qualquer problema em representar a sigla em uma candidatar, uma vez que o atual presidente Divino Boaventura é forte aliado político. Neste caso ha de se observar as filiações de líderes vindos de outros partidos como por exemplo, do PP, seu ex-partido, mas hoje nas mãos do Engenheiro Agrônomo Antônio Valeriano Corrêa. Até porque ha uma expectativa que o partido "caia" nas mãos do advogado Dr. Roberto Diniz (Soberana), que é forte aliado de Odelmo Leão - Deputado Federal e "mandante" do partido em Minas. 
--   Adilson Bastos (PMDB) - secretário de esportes, cultura e lazer.  Ligado diretamente ao prefeito Dr. José, ele estaria “impedido” de viabilizar-se dentro do partido, pois o primeiro nome para uma possível candidatura a prefeito seria Orlando Fialho, ultimo gestor municipal.
Outra mudança de partido que vem sendo cogitada é a de Belchior Beca (PSDB) que poderia estar indo para o PSB, partido presidido pelo empresário Marquinhos da House Bike e que conta com a maior bancada na Câmara Municipal: os vereadores Reginaldo Ferreira, Edgar Rosa e Tião Guimarães. PSB que conta em sua executiva o ex-vereador Cabo Augusto, o empresário René Rodrigues, o vereador Reginaldo Alves e o engenheiro Gilson Corrêa. O motivo da mudança de partido seria a faculdade que a legenda lhe oferece: condições reais de se candidatar a prefeito ou vice-prefeito.
Caso se confirme esta migração abrirá duas possibilidades da conjunção. Ou Belchior Beca vira pré-candidato a prefeito ou vice compondo com o presidente Marquinhos ou se torna um nome forte para compor a chapa como vice do atual prefeito Dr. José Benedito, eleito pelo PHS, mas que se tornou um partido de “domínio” do PSB. Belchior Alves de Araújo é atualmente um dos mais experiente político em exercício. Foi eleito com 506 votos em 2012 e soma 27 anos de carreira política cumprindo seu 6º mandato consecutivo de vereador e pela 3ª vez preside a Câmara Municipal.

terça-feira, 16 de junho de 2015

AGRONEGÓCIO BATE RECORDE NAS EXPORTAÇÕES MINEIRAS

O agronegócio contribuiu com 33% da pauta mineira de exportações, no acumulado de janeiro a maio deste ano, totalizando US$ 3,02 bilhões e crescimento de 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O índice é considerado recorde, já que o percentual máximo atingido pelo agronegócio nas exportações totais do estado foi de 29%, alcançado em 2009. A informação é da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) com base em dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).
Segundo o Superintendente de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Agricultura, João Ricardo Albanez, esse indicador evidencia que os produtos do agronegócio mineiro continuam a se destacar no mercado externo. De acordo com o levantamento, o grupo "café e derivados" manteve a posição de liderança do ranking do estado entre os principais produtos vendidos para o exterior.
As exportações deste segmento, principalmente de café verde, atingiram R$ 1,6 bilhão, o que corresponde a 53,6% da receita do agronegócio estadual. Apenas de café verde foram exportadas, de janeiro a maio, 8,07 milhões de sacas. A melhoria no preço médio da saca de café exportada foi responsável pelo crescimento do 12,4% no faturamento.
A segunda posição entre os grupos exportadores ficou com o "complexo soja". De janeiro a maio, as vendas externas desse grupo somaram US$ 388,81 milhões. O grupo "carnes" ocupou a terceira posição, com US$ 303,04 milhões. O "complexo sucroalcooleiro" manteve a quarta posição, com uma receita de US$ 252,65 milhões e volume exportado de 733 mil toneladas.
Destino do café
A Alemanha continua sendo o principal destino das exportações do café, totalizando US$ 336,56 milhões, seguida de Estados Unidos (US$ 309,28 milhões), Itália (US$ 166,03 milhões) e Bélgica (US$ 160,11 milhões).
Levando-se em conta toda a pauta de exportações do agronegócio, a China foi o principal destino dos produtos mineiros nos cinco primeiros meses de 2015, gerando receita de US$ 408,86 milhões, representando 13,6% de toda a cesta do setor.
O "complexo soja" foi o principal grupo de produtos exportados para a China, com US$ 284,07 milhões, que representam 73% de toda a receita adquirida desse segmento e 69,4% das divisas geradas pelas importações chinesas.
Sob a perspectiva do ranking estadual de exportadores do agronegócio, Minas Gerais permanece na quinta posição, com um montante de US$ 3,02 bilhões, sendo responsável por 8,8% das exportações do setor em âmbito nacional.
Comportamento no mês
Em maio, as exportações do agronegócio mineiro avançaram 33,8% (de US$ 508,66 milhões para 680,74 milhões) quando comparadas com as de abril. Esse avanço pode ser explicado pelo aumento na geração de divisas dos seguintes produtos: complexo soja (235,1%), totalizando 198,6 milhões; complexo sucroalcooleiro (171,5%), somando US$ 56,8 milhões; couros, produtos de couro e peleterias (60,6%), alcançando US$ 14,1 milhões; produtos apícolas (131,4%), totalizando US$ 1,4 milhão; e fumo e seus produtos (198,4%), alcançando US$ 163,3 mil.
O agronegócio de Minas Gerais manteve o superávit em maio, com saldo comercial de US$ 647,60 milhões (33,8%) e corrente de comércio em US$ 713,89 milhões (30,9%).